Pesquisar neste blog

Carregando...

sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

A menina e a sinceridade


"A menina nunca pensou ter algo de errado com ela. Diferente, sim. Quando começou a dar conta do seu entorno, ela percebeu que normalmente via minúcias que aos outros passam despercebidas. Isso deve explicar  sua rejeição aos clichês. Isso também deve explicar o espanto dos outros quando ela diz algo espirituoso. E falando em espanto, a menina chega a rir da convenção social de que olhar nos olhos seja sinônimo de sinceridade e verdade. Ela já sabe que os outros fazem essa associação, mas não entende. Então, a menina ri, pois ela já conheceu muitos mentirosos que olham no olho sem vergonha. (Talvez eles não conheçam essa convenção.) Como a menina é esperta e observadora, desenvolve suas próprias estratégias para lidar com as situações de interação social. Ela olha a testa, fixa o olhar entre as sobrancelhas, mas não gosta muito, pois pode parecer vesga e estranha (?). Olhar pros lábios tem mais vantagem, pois evita que ela se disperse no meio de uma conversa e mesmo com barulho, a menina pode se concentrar na leitura labial. Mas isso só quando é muito necessário mesmo. A menina não se importa se a direção do seu olhar pode ser mal interpretada. Ela sabe manter atenção, ela ouve e entende, embora pareça estar distante. E às vezes está mesmo. A menina sabe que é livre. Ela sabe se conectar e se desconectar quando precisa. E isso não quer dizer que ela seja má ou desonesta ou desatenta. Sua forma enxergar e captar as coisas, só é... diferente. E todas as outras formas também são, apesar do esforço em torná-las iguais." 

Por mim. 

@eusouamenina #autismo#autismoadulto #eusouamenina#aspergersyndrome 

#mulherasperger #azul #euescrevo #sinceridade #TEA#transtornodoespectroautista #autism

A menina




'Ela cheia de frescura. Metida a besta. Não fala com ninguém. Não cumprimenta. A menina não é simpática. Ela não aparenta nenhuma empatia. Ela não olha na cara. Ela é esquisita. Parece que só ela sabe das coisas. Muita vez fala em monólogo. Ela não se mistura. É chata. Tem muitas manias e seus interesses são restritos. Ela tem a fala meio mecânica. É estranha. Antissocial, tem.medo de gente.' "Se a menina fosse um produto em exposição à venda, esses seriam seus rótulos que variariam conforme o julgamento do cliente." 

Por mim @eusouamenina
#TEA #autismoadulto #aspergersyndrome #eusouamenina#mulherasperger #azul #autism

#blueworld #transtornodoespectroautista #euescrevo